*( Críticas de Tv )*


  Flor do Caribe termina com sensação de dever cumprido

   

Há muito tempo não via uma novela tão boa do Walter Negrão,um cara com mais de 50 anos de carreira e que pelo tempo de estrada poderia estar no horário nobre mas prefere se dedicar ao horário das seis,que ultimamente tem dado espaço para autores mais novos.Achava uma pena,ele já consagrado,não conseguir emplacar um sucesso há um bom tempo.

Os últimos três trabalhos Como Uma Onda(2005),Desejo Proibido(2008) e Araguaia(2010)não foram grandes coisas.A última então,prefiro nem comentar.O casal principal não agradou e acabou com outros pares.

"Flor do Caribe" começou meio tímida chamando atenção apenas as lindas imagens do Rio Grande do Norte,onde se passava a história,que girava em torno do trio de amigos formado por Cassiano,Ester e Alberto,esse último apaixonado pela amiga sem ser correspondido.Mimado e acostumado a ter o que queria,ele aprontou uma para o amigo Cassiano ser preso e nesse meio tempo casou com Ester.No maior estilo "O Conde de Monte Cristo",Cassiano volta pra tomar o que é seu por direito.

Mas o que acabou tomando conta da novela foi a abordagem do Nazismo através dos personagens Dionísio,o carrasco nazista,e Samuel,uma das vítimas por ser judeu.No meu pouco tempo dedicado a assistir,pesquisar e analisar televisão,nunca tinha visto Sérgio Mamberti num papel com tanto destaque desde o Tio Victor do Castelo Rá tim Bum(TV Cultura).Fico feliz pelo reconhecimento desse grande ator.

Outro destaque mais que merecido vai para Cláudia Netto e Igor Rickli,ambos estreantes,que deram um show de interpretação.Ele enfrentou críticas no início pela sua dicção,coisa que eu nunca reparei.

Também exploraram bastante a ação dos pilotos da FAB.Acho um desperdício os atores fazerem laboratório para determinado assunto e só aparecerem em ação nos primeiros capítulos.

Exigir picos de audiência de uma novela das seis é querer demais."Flor do Caribe" chega ao fim com 21 pontos e conseguindo fazer o barulho que a antecessora Lado a Lado não conseguiu fazer.Vai deixar saudades!



Escrito por Amanda Euzébio às 20h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Chega ao fim As Aventuras da Super Lia contra o Malvado Sal

Foram 11 meses mas pareceu uma eternidade.A ideia inicial dessa Malhação 2012/2013 era voltar aos bons e velhos tempos de escola e ver se conseguia levantar o ibope q a anterior derrubou.A história girava em torno do trio Ju,Lia e Dinho,onde as meninas,melhores amigas,se viam apaixonadas pelo "galã".Como bom adolescente,o menino provou das duas frutas e abalou a amizade delas.Virava e mexia,acontecia algo e o personagem saía de cena,não fazendo falta alguma a trama.Lia por sua vez era a roqueira,a toda poderosa da história.Ainda na época do Dinho,se envolveu em enrascadas como se perderem na floresta e ser vítimas de sequestradores.Começava aí As Aventuras de Super Lia.

Enquanto essa era a esperta,Ju era a bobinha da situação.Levou chifre duplo da amiga com o namorado e resolveu virar a vingativa com Gil,q era apaixonadinho por Lia.Acabou que se apaixonaram e ficaram juntos até o final.O personagem Dinho não agradou o público porque o ator era franzino e não fazia a linha "galã de Malhação".Dona Globo jura que não foi esse o motivo.Pode parecer bobagem,mas também não me agradava.Colocaram o personagem para passear pelo mundo e sua família se mudou para os Estados Unidos.Como disse,não fez falta.

É aí que entra Victor e Sal,a dupla de irmãos que vem de Brasília,um para estudar e automaticamente se tornar par de Lia e o outro para responder processo por tráfico.A partir daí,a novela ganha ares de novela da Record.É perseguição de um lado,ameaças de outro.No meio de tanta confusão,está ela,a menina de peito de aço,Lia.Só porque é a protagonista tem que se meter com bandidos como se fosse polícia?Tudo bem que eles quisessem mostrar como adolescente é inconsequente,mas aquela ali era até demais.Até sequestrada foi,e na fuga dos bandidos quem levou a pior foi Marcela,personagem de Daniele Winits,que morreu pra ressucitar na novela do Walcyr Carrasco.

Sei que o romance com o bonitão foi ofuscado pelo Casal Sensação,Fatinha e Bruno,que entre idas e vindas,acabaram juntos,com bastante destaque,com direito a casamento.O negócio deu tão certo que parece que a dupla já está até reservada para uma das novelas que estão na fila para o horário das 19h.Nesse último capítulo teve a volta do Dinho e do Rafa,que sofria bullying por parte do Orelha sendo chamado de RafaGirl,pondo em dúvida sua sexualidade.Na única cena em que aparece,apresenta o Peter.Não usa o termo "namorado",mas entende-se  que enfim saiu do armário.

A temporada não foi das piores,mas foi bastante cansativa.Não via a hora de terminar depois de tanta confusão.Se a ideia era retomar a escola e fazer algum barulho,até conseguiram,mas não se pode esperar muito da Malhação hoje em dia mesmo,já que esta caiu pelo cansaço.Agora estão apostando numa família,onde a escola não será o foco principal.Não podem esquecer da Malhação Conectados,onde excluiram a escola,usaram mistérios sem nexo e perderamo público que ainda tinha paciência em assistir.Pode ser um tiro no pé.



Escrito por Amanda Euzébio às 23h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




    Nada é tão ruim quem não possa ficar pior

Disse no Facebook que a frase "Nada é tão ruim q não possa ficar pior" foi feita pensando em Malhação.O motivo?Simples:Marcela personagem de Daniele Winits morrerá para a atriz participar de Amor a Vida,novela de estreia do Walcyr Carrasco no horário no nobre.Parece q ninguém estava a favor,mas assim foi decidido e ponto final.

Não sou de acompanhar Malhação,mas confesso q essa eu tenho visto e por sinal já anda mal das pernas há um bom tempo,e digo dessa temporada pq se for falar das outras,n vai faltar exemplo.O primeiro erro foi aquele Dinho como protagonista.Tanto o personagem qnto o ator n fizeram falta a trama.Antes de sair de vez,virava e mexia,acontecia algo p o personagem sair de cena e sua ausência nem era notada.

Sai o cara da bicicleta e entra o da moto.Como em pouquíssimas histórias.o protagonista muda e com isso,chega Victor,o bonitinho da moto quem vem de Brasília.E chega por aqui q a história tá muito chata.

Voltando ao assunto inicial,se a novela já estava chata,existia um personagem q salvava,e era justamente a Marcela,a professora confidente das alunas,que se dá bem com td mundo,e agora tava dando uma de cupido para o diretor Matias e a ex do seu atual,Raquel.Até então a única trama interessante em meio as brigas de Bruno e Fatinha,as perseguições q a Super Lia sofre tentando meter o nariz onde não é chamada.Aliás,essa Lia já deu né?Muito chata!

Depois disso ela morre e tudo afunda de vez.Teremos de aturar Lia,Ju e cia.Só chatonildos.Não vejo a hora dessa temporada terminar.



Escrito por Amanda Euzébio às 00h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




                                   Além de A Usurpadora:

 O que aconteceu na vida dos Brachos 1 ano depois do "Felizes Para Sempre"

       

O SBT animado com a repercursão da quinta exibição de A Usurpadora,resolveu passar o especial Além da Usurpadora,q conta o q aconteceu com os personagens depois de 1 ano.Com a morte de Paola,parecia q ia ser só alegria na mansão dos Brachos,mas n foi bem assim.

O q se viu foi uma história chata,com Paulina descobrindo q está com câncer,escondendo da família e com isso resolve preparar Raquel,a babá de sua filha Paulinha,pra ficar no seu lugar,sem saber q essa já está de olho em seu marido,Carlos Daniel.Maior Sessão Deprê.

A atriz q interpreta Raquel é Yadhira Carillo,que participou da novela Sigo Te Amando,exibida em 2000.

O único ponto alto foi Stefanie recobrando a razão e dizendo q vai atrás dos Bracho buscar seu filho,que nesse meio tempo em q passou internada num sanatório,foi criado por Rodrigo e Patrícia.

O capítulo terminou com Paulina confessando a Vovó Piedade q tem poucos meses de vida.

Vamos ver no q vai dar.

 



Escrito por Amanda Euzébio às 23h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Crítica de Salve Jorge no estilo Discurso de Eliminação do Bial.

Não se assustem se n tiver sentido.Os discursos dele tbm n tem!

   

 

É...a responsabilidade foi grande.Depois de td o barulho q Avenida Brasil fez,o jeito foi apelar p o santo.Só q escolheram o santo errado...
Antes de entrar no ar já estava causando polêmica.Isso q é sucesso!
Pena esse sucesso n ter se estendido a audiência.
Quem é devoto queria ver a história do seu santo.Quem n era,fez piquete p seus adeptos n assistirem.
Mas aí começou a novela e cadê a história principal?Pegadinha do Malandro!
A ideia era falar do tráfico de pessoas na Turquia e a pacificação do Alemão.
O Alemão ficou p trás.Morena foi p Turquia,deu coça na vilã,voltou p o Brasil,perdeu melhor amiga.
Clara,Dara,Jade,Sol,Maya,Morena...O q elas tem em comum?São mocinhas sonhadoras,porém,batalhadoras,q por um sonho acabam se colocando em enrascada.
Nem só de véu se faz uma história.Já está ficando repetitiva...
Em meio a tanta confusão,cadê o Jorge?Se ele veio lá da Capadócia,é p lá q vai voltar!
Vem,Glória,vem brincar de ser novelista aqui fora!



Escrito por Amanda Euzébio às 21h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   Festival Promessas consegue bater o Pica-Pau

    

     Cassiane,Aline Barros e Ana Paula Valadão

Com apresentação de Serginho Groisman ,foi ao ar sábado a segunda edição do Festival Promessas.Seguindo o que foi feito ano passado,cantores evangélicos se apresentaram cantando seus sucessos.O projeto faz parte da programação de fim de ano da Globo.

O primeiro a se apresentar foi André Valadão q cantou duas músicas,em seguida Cassiane cantando apenas uma,500 Graus,o q achei estranho já q no show ela cantou mais.Parecia descaso pelo fato dela n estar bombando como antigamente,mas p quem n sabe,ela contribui e muito p a divulgação da música gospel no passado.

Depois vem a musa Aline Barros,aí percebi q a edição começou a avacalhar a apresentação quando ela começou a cantar o sucesso Ressuscita-me pela metade.Parecia q queriam correr com a transmissão do programa.Em seguida,cantou outros sucessos.

Na sequência foi a vez de Fernandinho mostrar sua música,q como o Diante do Trono,foi o único q se apresentou ano passado.Em seguida,veio Thales,o queridinho do momento.Particularmente n vejo o motivo de tanto barulho por ele,mas foi ali e deu o seu recado.

Pra fechar,Diante do Trono.Considerado o melhor grupo do meio gospel,e fazem jus a isso,cantaram mais musicas q os outros,o q tbm acho injusto.Claro a culpa n é do grupo.Os caras são bons?Sim,mas acho q a edição quando apronta uma dessas está desmerecendo o trabalho dos outros.

Resumindo,as atrações desse ano foram menores,porém melhores q a do ano passado,e confesso,fiz bem mais espectativas sobre ele por isso.Mas por causa dessas espectativa,acredito,nao consegui achar tanta graça.

Simplesmente tive a impressão de que o programa só tava no ar para preencher uma cota: Cota pra crente.Achei td muito corrido.Os artistas n podiam nem respirar.Serginho na apresentação dava uma pincelada sobre cada um e "tchau e benção".

Se o intuito foi audiência pelo menos conseguiram o que a Xuxa não faz nesse horário:Vencer o Pica-pau!



Escrito por Amanda Euzébio às 16h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

   A volta de um clássico

    

Foi ao ar hj,o primeiro capítulo de A Usurpadora.O SBT se segurou mas n conseguiu fugir da sina de reprisar a novela mexicana de maior sucesso por aqui.Aproveitando o gancho das reprises mexicanas q começaram com as novelas de Thalia,é obvio q n esqueceriam essa, q foi apresentada pela primeira vez em 1999,depois 2000,2005,2007 e há um tempo atrás foi reapresentada pelo canal a cabo TLN da própria Televisa.

A novela conta a história de Paulina q recebe a proposta de se passar pela vilã Paola Bracho,indo morar em sua casa e acaba se apaixonando por Carlos Daniel.O q poucos sabem é q a ideia inicial era as irmãs Gabriela e Daniela Spanic interpretarem as duas.Não sei pq cargas d'água Daniela n pode ou n quis participar e coube a Gabriela interpretar brilhantemente as gêmeas.

Simplesmente maravilhosa,minha novela mexicana favorita e a melhor vilã mexicana.Das quatro vezes q passou,assisti três.Oportunidade pra ver é q n faltou rs.Eis agora mais uma.

No fundo,acho q o SBT já jogou a toalha e se conformou de q sucesso com novelas próprias n é a praia dele.Tanto q Carrossel é um remake mexicano e já vem por aí Chiquititas,remake argentino.Se fará sucesso ou n,só o Ibope dirá.

Enquanto isso,sempre q puder,darei aquela espiadinha nesse clássico da teledramaturgia mexicana.

 



Escrito por Amanda Euzébio às 22h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   Estreias da Globo

 

     

     Danton Mello e Aline Moraes em cena de Como Apoveitar o Fim do Mundo

No dia seguinte às estreias de Como aproveitar o fim do mundo e Subúrbia,ambas da Globo,fui logo procurar as críticas.Fiquei boba com os críticos falando mal da primeira e bem da segunda.Td bem q uma era comédia e a outra drama,e tds sabemos q comédia n ganha Oscar,n é levada a sério,é só um meio de entretenimento,e por aí vai.

Mas tenho q admitir q a dupla Alexandre Machado e Fernanda Young conseguiram fazer algo engraçado depois da constragedora Macho Man.Constrangedora foi a palavra usada por Maurício Stycer,q ofendeu profundamente seus criadores,q depois de Os Normais nao conseguiram emplacar nenhuma série de sucesso(eu adorei Separação).Mas esse é o termo perfeito p definir aquilo q foi ao ar em duas temporadas e ainda n entendo o pq.

Voltando,ao programa atual.A história é absurda?é boba?Sim,mas foi um dos poucos programas com humor bobo q consegui me pegar.Eu gosto da forma como eles escrevem.Achei super divertido!Ótimas tiradas e adorei Aline Moraes fazendo comédia.Tô louca p chegar quinta feira p ver mais.

Agora sobre Subúrbia,acho interessante Luiz Fernando Carvalho conseguir fazer algo mais real e longe do universo de  Hj é Dia de Maria,A Pedra do Reino e Afinal,o q Querem as Mulheres?,entre outras,q aliás,dessas citadas só a que realmente conseguiu agradar ao público foi a primeira.Séries simplesmente chatas de se assistir.

Subúrbia é diferente do q ele ja fez,conta a história de um menina pobre q depois de passar perrengues vai tentar se dar bem na vida,através da dança com amigos do subúrbio,por isso a crítica foi só elogios.Mas é muito dramática.

Depois de rir horrores como Como Aproveitar o Fim do Mundo,me deparei com um primeiro episódio de uma série onde a menina só leva a pior e ainda termina sendo estuprada.Q isso!Quero mais é rir.Dane-se a crítica!



Escrito por Amanda Euzébio às 00h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

               

Que vergonha!Tinha prometido no início do ano de iria me dedicar a esse blog direitinho e desde maio,n posto nada.E olha q teve bastante coisa acontecendo na TV.

Teve o fim de Cheias de Charme e Avenida Brasil,as duas novelas de maior sucesso esse ano.A última então,o Brasil parou p assistir o ultimo capítulo,q por sinal foi fraquíssimo e um tanto incompleto.

Na Record teve A Fazenda,o início de mais uma temporada de Ídolos,as estreias de Idolos Kids e Programa da Tarde,apresentado por Britto Jr e Ana Hickmann.

No SBT,a estreia de Carrossel.São só alguns exemplos.

Bom,agora se até Rei Davi voltou,pq eu n voltaria?Vou mais uma vez tentar não sumir daqui.Eu ja tava com saudades,me faltava tempo e inspiração rs.



Escrito por Amanda Euzébio às 00h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Rei Davi

Hoje faz uma semana q terminou Rei Davi,a minissérie q fez a Record gastar os tubos,mas obteve retorno no Ibope,tendo ficado 20 vezes em primeiro lugar ao longo dos 30 capitulos exibidos.Nada mais justo já q sofreram o caramba com chuvas em Minas,onde iniciaram-se as gravações,atores acidentados,em outras coisas.

 

A minissérie contou a história de um dos maiores personagens da Bíblia,muito significativo p os Judeus e também para os cristãos,já q Jesus veio da descendência dele.

 

Vivian de Oliveira,autora responsável pela adaptação procurou ser fiel ao máximo,mas como todo autor de novelas enfeitou com alguns exageros e umas fantasias também como foi o caso do amor “predestinado” de Davi e Bate-Seba.Aquela história dele a salvando ainda jovens,e quase sempre se esbarrando?Tudo balela.Davi conhece Bate-Seba a partir do momento em q a vê tomando banho.(2 Sm 11:1-4)

 

E outra,quando Davi manda chamar Mefibosete,filho de Jônatas,este já tinha um filho,o q não foi mostrado na TV,e isso aconteceu antes dele se casar com Bate-Seba.(2 Sm 9:12)

 

Também não disseram que Absalão,teve uma filha e pôs o nome de Tamar,sua irmã(2 Sm 14:27).Depois de sua morte quem herdaria o trono seria Adonias,filho este q não foi mostrado,que antes mesmo do pai morrer já estava comemorando,e depois de descoberta a festa, aí é q Salomão foi consagrado Rei.(1 Rs 1:5-53)O pessoal pulou essa parte e já mostraram a consagração de Salomão.

 

Interessante q inventaram de um lado,esqueceram de outro,mas nada q comprometesse a qualidade da obra,que entre as três história bíblicas contadas essa foi a melhor realizada.Não só pelo tema,mas pela produção.

 

Começaram com A História de Ester,também adaptada pela Vivian,onde os atores usavam barbas falsas e as cenas de batalha mais pareciam retiradas do filme 300.Já em Sansão e Dalila,houve uma melhora nos figurinos e produção,e agora em Rei Davi pudemos ver o resultado de um ótimo trabalho.

 

Apesar de errar com a falta de comprometimento com o público nos atrasos ao iniciar,e assim o pessoal ser obrigado a assistir suas novelas que em nada tem de novo,já q o assunto é sempre o mesmo:morte,parabenizo a Record pelo trabalho bem feito.A autora e ao diretor,Edson Spinello,e aos atores Leonardo Brício e Renata Domingues,em seus melhores papéis,entre outros.Que venha A História de José!

 

 

 



Escrito por Amanda Euzébio às 15h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Avenida Brasil enfim,acorda pra vida!

Depois de começar com todo os gás,com madrasta passando a perna no marido e vendendo a enteada pra um malandro no lixão,passa-se um tempo,a garota q foi adotada por um casal de argentinos,volta para se vingar,Avenida Brasil,deu uma esfriada de uns dias pra cá,com o reencontro do casal pé-no-saco Nina e Jorginho,q se conheceram no lixão ainda crianças.

Eis q enfim,a trama acorda do sono q estava sofrendo,com o sequestro combinado de Carminha com seu eterno amante Max,q deve uma grana p agiostas.A megera finge se entregar no lugar da filha q seria a preferencia dos bandidos.No caminho p o cativeiro é q a coisa fica engraçada:O motorista sofre de hipertensão e diz "Mesmo tomando os medicamentos,minha pressão chega a 18".Aí,Carminha diz:"Então põe seu amigo pra dirigir".Ele:"Tubarão n sabe dirigir".Chegando no lugar esperado,ela dá de cara com um pulgueiro,e se decepciona achando q ficaria num "lugar bucólico".

Mas no capitulo de hj q o negócio ficou bom.Depois de receber um recado anônimo,na verdade escrito por Nina,Tufão vai com o pai e os amigos policais atras deles.Nisso os bandidos fogem com a refém,e começa uma perseguição no estilo Record,com direito a arma na cara e ameaças a Carminha,q já estava enchendo a paciência dos caras."Se continuar vai ficar sem comer.Ou abre a boca p gritar,ou pra comer".

 

 

 

Espero daqui pra frente seja só alegria.Agora o q negócio ficou bom,espero q n volte a dormir.

 


 



Escrito por Amanda Euzébio às 23h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Final de Fina Estampa

  

Logo assim q começou eu pensei:Até q enfim,uma boa novela depois da horrorosa Insensato Coração!Fina Estampa começou bem,a história até interessante,mas com o tempo passando e a audiência subindo,Aguinaldo Silva começou a surtar:Volta e meia eram citados nomes de personagens de tramas anteriores,personagens usavam expressoes de novelas antigas.Um horror!Por mais q pareça criatividade,vira uma colcha de retalhos e dá a entender q o autor só sabe fazer a mesma coisa.

 

Tem gente q diz q novela é ficção por isso é válido criar,até concordo,mas depende de q horário né?Todo mundo sabe q as novelas das oito são separadas para retratar a realidade.E onde ela estava nessa aqui?A própria vilã foi inspirada no Tom,de Tom e Jerry.Já começa a fantasia por aí.

 

Ah,não!Para!


 

Todo mundo sabe q a unica coisa q salvou a trama foi Crô e suas cenas hilárias com seus companheiros de trabalho,Baltazar e Marilda,e quando bajulava a patroa.Depois de um certo mistério,Fred,foi revelado amante de Crô depois de ser jogado da escada por Tereza Cristina,em uma das inúmeras cenas de assassinatos na escada.Mas ele não seria o único,teria um outro com a mesma tatuagem de escorpião no pé.Começava aí outro mistério sobre quem seria o outro amante dele.Ficou nisso até o fim,e não foi revelado.

 

Casais pé no saco

 

 

Além da história enrolada e cansativa,existiam casais de embrulhar o estômago de tão chato.Eram eles:

 

*Quinzé e Teodora.O filho bobalhão de Griselda relutou tanto mas terminou com a piriguete,e por fim,arrependida,Teodora.

 

*Rafael e Amália:A filha santinha de Pereirão foi feita de boba,pelo cara,depois descobriu q ele era chegado numa falcatrua,pediu p ele se redimir e se entregar a policia.O cara fez isso tudo e depois acabaram bem e com um filho.

 

*Antenor e Patricia:O cara começou malandro com vergonha da mãe q trabalhava como marido de aluguel,mentia q era rico,depois foi desmacarado com direito a surra na frente de todos.A namorada largou,arrumou outro depois voltou e por fim terminaram bem.

 

Interessante q os três eram formados pelos filhos de Griselda.Muitos chatos.

 

Outros assuntos

 

Outras histórias foram tratadas como o MMA,com o Wallace Mu,o funk carioca,com a Sol e até barriga de aluguel com os personagens Esther e Beatriz,de repente a unica trama inteligente em meio a tanta bobagem.

 

O pessoal da pousada e da praia poderiam passar batido que não fariam falta nenhuma.

 

Fina Estampa foi um engano!Até disseram q foi feita para agradar a Classe C,mas todo sabe q novela do Aguinaldo é povão mesmo,então pode ter sido isso o motivo do sucesso.Mas vai parecer o pessoal da Classe C não tem bom gosto e a TV vai ficar recheada de produções sem nexo com a desculpa de agradar essa parte da sociedade. 

 

 



Escrito por Amanda Euzébio às 16h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 Final de A Vida da Gente

 

 

Depois do sucesso de Cordel Encantado,das já elogiadas Thelma Guedes e Duca Rachid,Lícia Manzo via pela frente a responsabilidade de escrever sua primeira novela e ter q agradar ao público em um horário onde só novelas de época conseguem emplacar.

No deserto de bobagens da teledramaturgia brasileira,A Vida da Gente veio pra provar  que se pode sim fazer algo inteligente nos dias de hoje.Das novelas atuais era a única que eu me dava o luxo de assistir.

A história se passava num Rio Grande do Sul,onde ninguém tinha sotaque gaúcho e uma vez ou outra citavam o famoso Grenal(Grêmio X Internacional),e as cidades de Porto Alegre e Gramado.Achei legal fugirem do eixo Rio-São Paulo que eu já estou cansada de ver.

Independente de onde foi contada a história,o que mais chamou a atenção foram as atuações de Ana Beatriz Nogueira,em um dos seus melhores papéis,ou se não o melhor, e Marjorie Estiano e Fernanda Vasconcelos,ambas que desde que saíram de Malhação,uma como Natasha,em 2004-2005,e a outra como Betina,em 2005,só fizeram mocinhas chatas.A história,mesmo lenta,não conseguia se tornar cansativa graças a essas atrizes.

O elenco infantil também esteve de parabéns.Pontos para todos.Também gostei da atuação da Maria Eduarda,como Nanda,que depois de papéis como secretárias ou assistentes bobas fez algo melhor,com espaço maior e pode mostrar seu talento.Leona Cavalli num papel mais sério como a médica Celina.Paulo Betti chegava ser hilário como Jonas e Regiane Alves como Cris.Pra mim, o melhor núcleo.

Tudo ali era muito perfeito,muito natural.Tudo perto do normal.Numa trama onde não existiam vilões de desenho animado,mocinhas eternamente sofredoras e nem final feliz para todos,foi mostrado que nem sempre as pessoas mudam:Marcos continuou sendo sustentado por mulher,nesse caso agora,a filha,agradando mulher casada e cuidando de filho dos outros.

Cris voltou a ativa como personal trainer dando em cima de coroas.Seu ex-marido Jonas,por sua vez,terminou casado com Dona Angela e não dando atenção a ela,como fazia com a outra.Vitória continuou prepontente,porém sozinha depois de dar um chega pra lá no malandro Mariano e sua filha.E,por fim,Eva mesmo tentando melhorar,continuou dando bola fora.

Bom,tem muita coisa boa para lembrar,só sei q vou sentir saudades.Mas fico feliz em ver mais uma excelente novela indo embora.Sinal de que ao longo desses meses tivemos algo de qualidade para assistir.2012 está só começando e vamos ver se no fim do ano falaremos o mesmo das tramas que vem por aí.


 



Escrito por Amanda Euzébio às 15h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Porque Aquele Beijo não faz sucesso?

 

Definitivamente,novela não é o forte do Falabella.Assisti Salsa e Merengue quando tinha  8 anos,achava legal,mas nao posso analisar porque quando criança temos uma visão,depois q crescemos temos outra.Mas gostei do q vi.

A Lua me Disse e Negocio da China foram dois fiascos.Em uma o q salvava era o núcleo da Latoya e Whitney,e os irmãos da Ademilde,q parecia ser a protagonista da trama já q o trio principal era fraquíssimo,e olha q era formado por Adriana Esteves,Wagner Moura e Marcos Pasquim.E na outra,nada salvava.Depois daquilo nem sabia q viriam mais novelas,e veio:Aquele Beijo.

 

Já ta mais do q provado q o lance dele são os seriados,muito bem escritos,com histórias q dão certo.A novela é chata?Eu acho q sim.Não consigo assistir um capitulo inteiro se quer.Mas não vejo motivos para não dar audiência.É tudo feito direitinho,com bom gosto.E olha q quando ia estrear o q vi de elogios ao texto do Miguel não estava no gibi.

Os fãs o comparavam ao Walcyr Carrasco dizem q esse em questão só escrevia tramas com humor infantil.Bom,ou os fãs do Falabella são poucos,não necessarios para dar a audiência desejada,ou os mesmo estão desistindo dessa obra,pq a cada dia q passa a trama cai.

Os romances não convenceram,até Giovanna Antonelli q eu achava ótima,fico enjoada de ver em cena.O q vejo de bom é o desempenho da Grazi Massafera,tem melhorado a cada dia.Fiuk é um erro.Bruna Marquesini o coloca no bolso.Esse casal formado por Sheron Menezes e Herson Capri tbm é bem sem graça.

Por fim um assunto interessante:A descoberta do filho abandonado por Maruska,a Ana Girafa.Interessante a vilã da novela além de descobrir q o filho é pobre e ainda por cima,travesti.Em cena q o filho Rubinho diz q quer o conhecer,destaque para a frase dela: "Eu não dei um passo em falso,eu dei foi um tropeço".Sinal do bom texto do Falabella.Em meio a tanta loucura,a novela poderia ter dado certo.Tem quem goste.Mas sinceramente não sei o q aconteceu.

 



Escrito por Amanda Euzébio às 22h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

2012,Ano Novo,Vida Nova!


Já faz quase um mês q o ano começou e ainda não escrevi nada.De repente por falta de inspiração ou por preguiça.Eu acho q é pelo segunda opção ja q assunto não faltou.Vamos à lista do q já aconteceu nesse inicio de ano:

GLOBO

*Dercy,de verdade:Minissérie muito bem escrita por Maria Adelaide Amaral,direção de Jorge Fernando e interpretações de Heloisa Perissé e Fafy Siqueira no papel principal.Não entendi até agora o porque de só 4 capítulos.Mas pelo menos conseguiram contar o q queriam.Parabéns.

*Big Brother Brasil 12:Estreou no mesmo dia que Dercy.Uma boa malandragem da Globo para quem quisesse assistir a minissérie ser obrigado a esperar o término do programa,dando assim algum Ibope p ele.

*O Brado Retumbante:Minissérie em 8 capítulos sobre a vida de um presidente fictício,interpretado por Domingos Montangner.

*Video Game de Verão:Tentativa fracassada da Globo tentar elevar o Ibope de Malhação.O programa transmitido depois da Sessão da Tarde e apresentado por André Marques,não deu certo e já vai sair da grade.

SBT

*Término de Amor e Revolução:A novela de Tiago Santiago,considerada a pior do ano por muitos,terminou sem conseguir dar a audiência sonhada pela emissora e pelo seu autor,q prometeu mudar de nome caso não subisse,e como isso não aconteceu,vamos descobrir em seu próximo trabalho com qual nome ele irá assiná-lo.A novela teve direito a pacandarias,sexo em igreja e até um beijo gay entre mulheres q rendeu 6 pontos e um quarto lugar no Ibope.

*Corações Feridos:Substituta de Amor e Revolução,a novela de Íris Abravanel,protagonizada por Patrícia Barros e Flávio Tolezani é um Remake de La Mentira,mexicana q foi transmitida no Brasil em 2000,como A mentira,com Guy Ecker e Kate Del Castillo.

*Cante se Puder:Programa apresentado por Patrícia Abravanel e Marcio Ballas,onde cantores já famosos tentam cantar enfrentando vários obstáculos.Muito bom!

RECORD

*Amazônia:Reality Show apresentado por Victor Fasano,onde participantes ficam no meio da floresta dando liçoes da biodiversividade ao público.

*Rei Davi:A minisserie bíblica q deu bastante trabalho durante as gravações,estreou essa semana dando bons resultados na audiência.Apesar de alguns exageros,tenho gostado do q vejo.

BAND

*Mulheres Ricas:Reality com 5 participantes fúteis repercurtiu desde o primeiro episódio,em redes sociais e em jornais estrangeiros,coisa q eu acho q nem a Band imaginava acontecer.

*Muito Mais:Apresentado por Adriane Galisteu,o programa sobre celebridades já está dando o q falar como o caso da Vanusa e a apresentadora mandando o Vildomar Batista,da Record,deitar na BR.Muito boa essa por sinal,rs.

Se teve mais coisa eu não lembro,mas p um mês q ainda nem terminou já aconteceu bastante coisa,fora as matérias desnecessárias q saem na mídia.Vamos ver se agora em Fevereiro eu consigo escrever algo.

Feliz 2012!

 

 



Escrito por Amanda Euzébio às 20h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO GONCALO, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, Spanish, Arte e cultura, Cinema e vídeo, Televisão
MSN -
Histórico
    Outros sites
      Amanda Euzebio
    Facebook
      UOL - O melhor conteúdo
      Na Telinha
      Cena Aberta
      Blog Tele-Visão
      Blog do Mauricio Stycer
      Coluna do Flávio Ricco
      Blog do Nilson Xavier
      Ricardo Feltrin
      Alberto Pereira Jr
      Tony Goés
      Outro Canal
      Blog Cascudeando
      Fabio TV
    Votação
      Dê uma nota para meu blog